MMSocial
A+ A A-

JOKO

JOKOJOKO - "The Big Trip"

"JOKO" (João José Castro Ribeiro), é um músico amador que o destino colocou entre grandes nomes da música mundial.

Com uma vida profissional intensa no ramo dos automóveis, sempre considerou a música uma atividade paralela, uma “brincadeira”, um complemento. Porém, depois da reforma, com mais tempo para lhe dedicar, o destino encarregou-se de alterar este cenário, e a música passou a ter um papel fundamental, dando um novo rumo à sua vida.

JokoJOKO é o mistério…

Como? Porquê? Agora? São as perguntas que se impõem!

Tudo começou com a simples decisão de vender um teclado na internet… o pianista e produtor argentino Pablo Lapidusas apareceu para comprar, conversa puxa conversa e acabou surpreendido com um CD do JOKO, que nem sequer estava à venda.

Para Pablo eram temas com “… um enorme potencial e foi para mim muito claro, que esses temas deveriam ser gravados de imediato, no Brasil…”

Estava lançado o desafio e João (JOKO) aceitou-o...

Em Setembro de 2013 o destino colocava-o entre os grandes nomes da música mundial ao ser convidado para participar no Rock In Rio no Rio de Janeiro e uma viagem alucinante estava prestes a começar.

O CD “The Big Trip” foi gravado e misturado entre Brasil e Portugal, masterizado nos EUA, mas as surpresas não podiam ficar por aqui...

2014 chegou, com o convite do Rock In Rio Lisboa, para o JOKO lançar o seu CD no Palco Rock Street no passado dia 29 de Maio.

JOKO, além de ser o autor das músicas e letras, é a voz, com Pablo Lapidusas nos teclados, Bruce Henry no baixo, Mark Lambert na guitarra e Joel Silva na bateria.

JOKO - The Big Trip

LigaçõesPaula Cordeiro  Up Music Talents

URL: jokomusic.com

RTP - Joko

soundcloud.com/jokomusicproject

facebook.com/jokomusicproject

Paulo Veloso

Paulo Veloso nasceu no Porto, em 1980, é um músico e compositor, com um estilo muito credenciado nos Blues - a sua especialidade. A sua performance denota as influências provenientes dos pianistas de blues títpicos de Chicago e também em mestres do Hammond B3 tais como Lucky Peterson e Booker T., caracterizando-se por uma dinâmica enérgica que evidencia toda a sua dedicação pelos Blues.

Em 1990 iniciou o estudo de piano clássico na Academia Parnaso com a professora Maria de Lourdes Alves, e a partir de 1994, estudou piano (harmonia e composição) na Escola de Jazz do Porto com a professora Paula Sousa. Apesar da sua formação base ser o piano, também toca guitarra e harmónica.

A partir de 1998 Paulo Veloso atuou em numerosos festivais de blues e de jazz (Gaia Blues, Santa Maria Blues - Azores, Évora Jazz & Blues, Matosinhos Jazz, Festival de Blues Béjar - Guarda,  Seia Jazz & Blues, Funchal Jazz, Praia Blues - Terceira Azores, Douro Blues, Jazz na Praça da Erva - Viana, Caminha Blues & Soul) para além das performances em festivais de Verão (Vilar de Mouros, Sudoeste, Festa do Avante, Marés Vivas), nas Queimas, nas primeiras partes da mini-tour de Robert Plant (Aula Magna e Coliseu do Porto), diversas concentrações de Motards, chegando a tocar até no Estabelecimento Prisional de Lisboa.

Principal Atividade

Toca maioritariamente blues, tendo acompanhando cantores norte-americanos designadamente,  Zakiya Hooker (filha de John Lee Hooker), Ollan Christopher Bell (Natural 4) e Mable John, a famosa lead das Raelettes (Ray Charles), que foi a primeira cantora feminina a assinar pela Motown Records.

No panorama de blues nacional tocou com diversas bandas (Johnny Blues Band, Daniela Galbin, B-flat Blues Band, Indiana Blues Band, Judy Blue Eyes e pontualmente com a Minnemann Blues Band e Budda Power Blues). No contexto pop-rock toca com os Drive, André Indiana e Monica Ferraz.

Discografia

André Indiana -  Music For Nations | Indiana Blues Band - Blood Line Drive - páginas de um dia André Indiana - X-Glamour Mónica Ferraz - Start - Stop

Budda Power Blues - One In a Million André Indiana - A.I. Monica Ferraz -(não titulado)

 

Ligações

Paulo Veloso - Delta Blues Sessions 1

Joana Valente

Joana Valente - Mezzo-Soprano

Licenciada em Canto Teatral pelo Conservatório Superior de Música de Gaia, na classe da Professora Fernanda Correia, Joana Valente concluiu o Mestrado em Performance sobre a obra “The Medium” de Sir Peter Maxwell Davies, pela Universidade de Aveiro, na classe e sob orientação do Professor António Salgado. É também, mestre em Música – vertente Vocacional – pela mesma universidade, tendo dedicado a sua tese ao estudo de “A respiração na prática da aula de Canto”. Em masterclasse, trabalhou com Laura Sarti, Marc Tardue, Luis Giron May, Gabriella Morigi, Paulo Ferreira, Ambra Vespasiana, Ettore Nuova, Enza Ferrari, Ivo Cruz, Fernanda Correia, António Salgado, Mário Mateus.

Como solista tem-se apresentado em Portugal e no estrangeiro sob a direção de maestros como Paul Hillier, Laurence Cummings, Simon Carrington, Antonio Florio, Filipe Veríssimo, Jonathan Ayerst, Mário Mateus, António Saiote, Jairo Grossi, Artur Pinho e Virgílio Caseiro.

Em Ópera apresentou-se como Enfant, de “L’Enfant et les Sortilèges” de Maurice Ravel, Bastien em "Bastien und Bastienne" e 3ª Dama de "A Flauta Mágica", de Mozart; António da ópera “Irene”, de Alfredo Keil; Jenny da ópera “Os Três Vinténs” de Kurt Weill; Feiticeira da ópera “Dido e Eneas” de Purcell; Jean numa adaptação para português da ópera “Diálogo das Carmelitas” de Poulenc, com encenação de Peter Konwitschny, António Durães, Fernanda Correia, João Henriques e Marcos Barbosa.

No momento, é cantora residente do Coro Casa da Música, tendo trabalhado com Paul Hillier, Simon Carrington, Laurence Cummings, Kaspers Putnish, Antonio Florio, Christoph König,Peter Rundel, Marco Mencoboni, Andrew Parrot, Andrew Bisantz, Hendrik Vanden Abeele, James Wood e Jonathan Ayerst.

Participou na estreia absoluta de “The bird watcher, para coro “à capella” de Michael Gordon e “Canto o presente, mas também o passado e o futuro” de Carlos Caires. Participou nos festivais “34th London Handel Festival 2011” e “XIV Festival de Música Antigua Ubeda y Baeza” enquanto membro do Coro Casa da Música e solista da Missa em Sol Maior de Carlos Seixas. Participou, também, no “AMUZ – Festival Van Vlaanderen Antwerpen, Laus Polyphoniae 2011 – Sons Portugueses”, integrando o grupo de seis vozes femininas do Coro Casa da Música em colaboração com Psallentes, sob a direção de Hendrik Vanden Abeele, apresentando em performance e realizando a gravação. Participou em “Huddersfield Contemporary Music Festival” com um programa integral de John Cage intitulado “the SONG-CAGE”, gravado ao vivo pela BBC3.

Ainda no âmbito de música de câmara, colaborou com Clepsidra, Grupo de Música de Câmara do Porto, Grupo de Música Vocal Contemporânea, Capella Duriensis e Ensemble Joanna Musica. Com este último grupo apresentou, como coralista e solista, “A Calenda de Santa Joanna” de Joaquim dos Santos e “Missa de Santa Joanna” de David Perez, ambas compostas no séc.XVIII em honra da Santa, agora gravadas pelo grupo na discográfica Numérica.

Tem apresentado em recital, com o pianista Nuno Caçote, “Homenagem a Pedro Blanco– A Mazurka e a obra para canto e piano”.

No momento, ministra aulas de Canto Lírico no Conservatório Regional de Música de Vila Real e na Escola de Artes da Bairrada.

Ligações

  Joana Valente - Cantata BWV 147 - J. S. Bach - Der höchsten Allmacht Wunderhand

  Joana Valente - Magnificat BWV 243 - J. S. Bach - Suscepit Israel

  Joana Valente - Magnificat BWV 243 - J. S. Bach - Esurientes implevit bonis

  Joana Valente - Magnificat BWV 243 - J. S. Bach - Et misericordia

  Joana Valente - Cantata BWV 147 - J. S. Bach - Schäme dich, o Seele, nicht

Natalia Juskiewicz

Natalia JuskiewiczNatalia Juskiewicz é uma violinista natural de Koszalin, uma cidade do Norte da Polónia, que reside em Portugal há vários anos. Começou a aprender violino muito cedo, aos sete anos, tendo prosseguido os seus estudos musicais até obter um diploma superior e um mestrado com especialidade em violino clássico, pela Academia de Poznan, uma das escolas de música mais conceituadas do mundo.

Também na Polónia, iniciou a sua carreira como intérprete solista e integrando orquestras e formações polacas de prestígio internacional que atuaram em várias partes do mundo. Foi durante umas férias que se apaixonou por Portugal e decidiu ficar. Adaptou-se facilmente à língua e à cultura portuguesas e foi desenvolvendo, quer a solo, quer fazendo parte de inúmeras orquestras (Orquestra do Norte, Orquestra Gulbenkian, Orquestra Sinfónica Portuguesa, entre outras) e grupos musicais, um novo e variado percurso profissional que a levou a viajar intensamente pelo país, onde hoje se sente em casa.

“Um Violino no Fado”

Natalia JuskiewiczEm Outubro de 2010, corolado o processo inicial, "Um Violino no Fado", foi galardoado com o "Prémio Revelação", na XVIII Gala de Leiria, um importante evento cultural que já distinguiu alguns dos maiores artistas nacionais. Mais tarde, em Março de 2011, a convite da Orquestra Chinesa de Macau, este projeto viajou até à China para integrar, com reconhecido sucesso, o espetáculo "Encanto de Portugal", concerto comemorativo dos 500 anos da presença portuguesa no Oriente.

Também o fado "Com Que Voz", um dos temas que integram "Um Violino no Fado", teve a honra de fazer parte do CD Livro "FADO PORTUGAL, 200 ANOS DE FADO", lançado em Julho de 2011 pela editora SevenMuses. Em Novembro do mesmo ano, a violinista integrou, ao lado de Camané, Maria Amélia Proença e Ricardo Ribeiro, entre outros, um elenco de grandes fadistas que atuou na 6ª Gala Amália, justamente no mesmo dia em que o Fado foi considerado Património Imaterial da Humanidade.

Finalmente editado e oficialmente apresentado no Museu do Fado, em Dezembro de 2011, o disco “Um Violino no Fado” tem vindo a encontrar uma excelente resposta, permitindo à artista um gratificante contacto com o público através de atuações em concertos e eventos de prestígio, destacando-se, pelo simbolismo, a exibição para o Presidente da República da Polónia durante a sua recente visita a Portugal.

Ligações

URL: www.nataliajuskiewicz.com

www.facebook.com/natalia.juskiewicz

Apoios Bobina Studio

Facebook Música e Músicos
Canal Youtube - Música e Músicos